Bolsa causa Dores nas Costas?

Você sabe se sua bolsa esta trazendo dores nas costas?

A resposta é sim e não.

É fácil de explicar, recebo em meu consultório todo tipo de paciente, e o mais curioso é quando chegamos ao final da consulta e depois de tudo explicado o paciente (geralmente as mulheres), levanta sua bolsa e diz:

“E tem essa bolsa pesada aqui também né, Dr.”.

Fomos treinados desde a faculdade a dizer que a bolsa mesmo que não sendo tão pesada pode trazer problemas de coluna e dores pelo corpo, e que o ideal é carregarmos no máximo 10% do total do nosso peso.

Mas em todos esses anos de atendimento, percebi que geralmente, o uso de bolsas pesadas ou mochilas (não serve para crianças esse artigo), não são as causas dos problemas de dores nas costas ou qualquer outro problema, e sim, as bolsas podem ser um agravante de um problema já existente e devemos analisar e muito, o comportamento de cada pessoa.

Vamos ao sim e ao não da pergunta do inicio.

O SIM: o maior problema do uso deste material tão cobiçado das mulheres, junto ao salto alto que também causa dor nas costas, calças, vestidos, etc… (não resisti a brincadeira) é devido ao uso constante da bolsa, ou seja, você só vai ter problemas de dores nas costas, pescoço e ombros, se realmente você tiver uma bolsa pesada e ficar andando com ela pendurada o dia todo.

Ficar passeando no calçadão de compras, no shopping, é lógico que assim você terá dores. É quase a mesma coisa que sair carregando uma mala nos braços, uma hora o corpo cansa e acaba se machucando.

O Não: agora se você usa a bolsa (mochila ou pasta) por breves períodos, é muito pouco provável que isso vá te causar algum problema.

Vamos a um exemplo de uma paciente recente: Ela é advogada e ao final do atendimento mencionou que carregava muitas coisas como a própria bolsa, pasta com documentos e que isso era um fator causador das suas dores.

Então perguntei a ela quanto tempo ela passava do dia carregando tudo aquilo, e para surpresa, não passava mais do que cinco minutos. Isso porque ela só carregava tudo àquilo no trajeto de sua sala em casa até o carro e depois do carro até seu escritório, que ficava a menos de 1 minuto de caminhada, e ao final do dia fazia o caminho inverso.

Portanto, pense bem o que carrega na sua bolsa, principalmente quando souber quanto tempo vai ficar carregando ela por ai nos ombros.

Não se preocupe com uma caminhada curta, porém isso não quer dizer que pode abusar, o uso repetitivo todos os dias, pode também causar todas aquelas dores de coluna, ombros e pescoço.

Agora o tratamento?

Bom esse é um assunto para cada um, pois, apesar dos mesmos sintomas, cada paciente reage de uma maneira diferente a recuperação.

Se quiser ver mais assuntos pode mandar sua sugestão.

Outras dicas boas vocês também encontram aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *