O que é a Osteopatia?

A osteopatia trata comumente as dores no pescoço e nas costas, hérnias discais, dores de cabeça e muitos outros.

Essa é mais uma técnica da terapia manual que caiu no gosto dos fisioterapeutas.

Sua filosofia é muito parecida com a da quiropraxia. A sua prática é baseada em que todos os sistemas do corpo estão interligados de alguma maneira, sendo assim um problema pode levar a muitos outros.

A técnica utiliza da manipulações e mobilizações das articulações (juntas), e de tecidos moles como músculos e alguns órgãos internos (intestinos, fígado etc..) e terapia crânio-sacral,  promovendo a auto-cura.

Uma pouco da história

Ela foi criada aproximadamente em 1874 por Andrew Taylor Still. A osteopatia que vem do grego “doença dos ossos” chegou ao Brasil por volta de 1989, e desde então tem ganho muitos adeptos da técnica.

Osteopatia de Andrew Taylor StillForma de tratamento

Com uma abordagem um pouco mais holística, é considerada um tratamento alternativo, pois sua filosofia é diferente da medicina convencional.

Por se tratar de uma técnica manual, tem surtido efeitos rapidamente nos pacientes que procuram por esse tratamento.

O que a osteopatia trata?

Os problemas mais comuns tratados pela osteopatia, são dores no pescoço e nas costas, hérnias discas, dores de cabeça e muitos outros problemas musculoesqueléticos associados.

Focada no paciente e não na doença, há uma busca na qualidade de vida alem do alivio das dores.

Contra Indicação

As contra-indicações são poucas, geralmente processos infecciosos, gestantes nos 3 primeiros meses, fraturas ósseas e lesões nos ligamentos.

Sempre busque junto ao tratamento, continuar a seguir os conselhos do fisioterapeuta, pois se o próprio paciente não se ajudar, a técnica não será tão eficaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *